Curso de Engenharia Florestal

Engenheiro Florestal

18/12/2019 - Atualizado :17/10/2020
🚀 Postado por: Admin

Descrição do curso de Engenharia Florestal

O Engenheiro Florestal faz o estudo dos recursos florestais, elabora projetos de florestamento e reflorestamento. Busca a preservação dos recursos naturais em harmonia com com a produção econômica. O engenheiro da área também realiza estudos sobre a produção e a seleção de sementes, buscando o melhoramento genético das espécies vegetais e analisa as condições de adaptação ao meio ambiente.

A carreira

Bastaram menos de quarenta anos para que as motosserras e as queimadas eliminassem da Amazônia uma área do tamanho da França. Mesmo assim, segundo os especialistas, a grande floresta brasileira - que ocupa um espaço equivalente a vinte Inglaterras - ainda tem chance de sobreviver, desde que explorada racionalmente. O engenheiro florestas tem papel fundamental nesse salvamento. Cabe a ele preocupar-se em explorar os recursos florestais de maneira a não comprometer o ambiente.
"Aliamos a exploração à conservação", afirma Randy Speltz, chefe do departamento de sementes e mudas da Indústria de Papel Klabin, no Paraná. Esse profissional delimita e fiscaliza a área a ser desmatada e cuida do replantio. Nas indústrias, ele acompanha o aproveitamento de recursos florestais pelas fábricas de móveis, de papel e celulose e de carvão vegetal.
"Nem sempre estamos na floresta", conta Fábio Poggiani, professor da Esalq/USP, em São Paulo. "Podemos trabalhar em escritórios, lidando com computadores e analisando fotos batidas por satélites para avaliar o tamanho do estrago em áreas desflorestadas e orientar as atividades de reflorestamento."

O mercado

De forma geral, o mercado não anda lá muito bem. Os melhores empregos estão nas médias e grandes indústrias como madeireiras, serrarias e fábricas de papel e celulose, em que se coordenam as atividades de colheita e transporte da madeira bruta. Os Estados que oferecem mais oportunidades são Bahia, Espírito Santo, Minas Gerais, Paraná e São Paulo.

O curso

Além das disciplinas básicas, como física, biologia e desenho, nos dois primeiros anos o aluno também estuda matérias introdutórias à engenharia florestal, como o estudo de solos e a identificação de madeiras, Ele começa a virar engenheiro florestal para valer a partir do terceiro ano, com o estudo de silvicultura, tecnologia da madeira, entomologia e política florestal. Pode-se fazer estágio em quase todas as especializações.
Duração média: cinco anos

Período de formação em Engenharia Florestal

5 anos

Currículo do curso de Engenharia Florestal

Ecologia, Biologia, Tecnologia Florestal, Matemática, Estatística, Física, Química, Botânica, Zoologia, Processamento de Dados, Solos, Topografia, Climatologia.

Aptidões para cursar Engenharia Florestal

Interesse pela natureza e por pesquisa, capacidade para interpretar e analisar dados.

Especializações

Sem registros.

Campo de trabalho para o curso de Engenharia Florestal

Órgãos Públicos: Federais e Estaduais, ONGs, Institutos de Pesquisa, Parques Nacionais, Consultorias.

Vagas e cursos de Engenharia Florestal no Brasil

Nome Sigla Modalidade Vagas Enade CC
Nome Sigla Modalidade Vagas Enade CC

VEJA MAIS

Bacharel em Comunicação Social
18/12/2019
Comunicação Social
Comunicação SocialEmpresas de Rádio e TV, empresas públicas e privadas em geral.
0
Engenheiro de Redes
18/12/2019
Engenharia de Redes
Engenharia de RedesEm empresas ligadas às áreas de tecnologias de redes, estruturas e aplicações de internet.
0
Engenheiro Metalúrgico
18/12/2019
Engenharia Metalúrgica
Engenharia MetalúrgicaIndústrias: Siderúrgicas, Automobilísticas, de Extração Mineral, Mecânicas, Navais, Químicas e de Metalurgia.
0

NOTÍCIAS