Filosofia existencialista

É uma corrente filosófica que surgiu no século XIX na França, a partir das ideias do filósofo dinamarquês Soren Kierkegaard

11/10/2021- 13:26:27
🚀 Postado por: Felipe Antunes

Conceito

É uma corrente filosófica que surgiu no século XIX na França, a partir das ideias do filósofo dinamarquês Soren Kierkegaard;

O ápice do existencialismo aconteceu em 1950 com a publicação dos trabalhos de Heidegger e Sartre.

Teoria

Na filosofia existencialista, a existência humana é vista como o principal objeto dos pensamentos e teorias;

Os filósofos afirmavam que o homem existe independente de qualquer outra definição, ou seja, a existência já basta para que o homem exista por completo,não é necessário nenhum outro elemento que a comprove.

Os existencialistas afirmavam que a liberdade de escolha servia para a construção das essências individuais de cada um, consideravam a liberdade de escolha como um fenômeno gerador,pois ninguém além do próprio indivíduo é responsável pelo fracasso ou sucesso;

Resumindo, a corrente existencialista prega que o ser humano é um ser que possui toda a responsabilidade por meio de suas ações;

Na visão deles, os indivíduos vão construindo seus próprios caminhos e concepções de vida no decorrer de suas existências.

No entanto, a constante busca por conhecimento não permite que os seres humanos entendam o porquê de suas próprias existências;

A falta de respostas gera o que os filósofos chamam de angústia existencial.

Características

A existência vem sempre antes da essência;

A essência humana é construída a partir das escolhas individuais;

A liberdade de escolhas é incondicional;

As escolhas levam a perdas;

As escolhas e a vida levam a um estado de desespero e angústia existencial.

Principais filósofos

Soren Kierkegaard

-É considerado o pai do existencialismo

-Apresentou as primeiras ideias dessa corrente filosófica

-Fez parte da linha do existencialismo cristão, no qual defende, sobretudo, o livre-arbítrio e a irredutibilidade da existência humana.

Martin Heidegger

-Propõe que os questionamentos filosóficos devem estar centrados no próprio ser;

-Desenvolveu a ideia de que o ser humano pode experimentar uma existência autêntica ou inautêntica.

Jean Paul Sartre

-Seguiu os princípios existencialistas da liberdade de escolha como elemento gerador e de total responsabilidade individual;

-Em 1943, Sartre publicou "O ser e o nada", uma obra que apresenta sua versão pessoal da corrente criada por Kierkegaard

Albert Camus

-Dedicou-se a um dos ramos do existencialismo, o chamado absurdismo, no qual aborda os diversos absurdos que envolvem a existência e ocorrem no cotidiano dos seres humanos.

Karl Jaspers

-Acreditava na fusão entre fé filosófica e a crença religiosa

-De acordo com ele, a fé é a expressão máxima da liberdade humana, sendo o único caminho que leva à certeza existencial e à transcendência do ser.

VEJA MAIS

11/10/2021
Bioética
BioéticaA bioética pode ser definida como o campo do conhecimento que combina conhecimento biológico com a reflexão sobre os valores humanos
11/10/2021
Ética e felicidade
Ética e felicidadeA moral se refere aos conceitos de certo e errado, bem e mal, e fazer o certo nem sempre é prazeroso.
06/10/2021
Filosofia Iluminista
Filosofia IluministaFoi um movimento intelectual, filosófico e cultural que surgiu na Europa

NOTÍCIAS