Literatura
Felipe AntunesPor: Felipe Antunes
11/04/2022- 15:41:47 - Atualizado :11/04/2022- 15:44:53
-
Tam. da fonte
+
Com contraste
Sem contraste

UM PARAÍSO NA TERRA

  • As cartas, os diários e os roteiros de viagem registram o trajeto e as impressões dos navegadores, informando e atualizando os reis (seus patrocinadores diretos) e as pessoas influentes da Europa acerca da “descoberta” e da “posse” do continente americano
  • Nessas cartas, as novas terras são apresentadas como verdadeiros paraísos, terra de grande fertilidade, de águas cristalinas e de integração entre homens, animais e a natureza – o índio é retratado como um ser inocente, ligado à natureza, de costumes considerados bárbaros e primitivos, desprovido de qualquer organização, se noção de bem ou do mal
  • Ou seja, os índios são representados como selvagens enquanto os europeus, cristãos civilizados

DOCUMENTOS DO DESCOBRIMENTO

  • Carta de Pero Vaz de Caminha: um dos principais testemunhos acerca do descobrimento da terra e da gente
  • Carta do Mestre João Faras: trata das condições de navegação, das decisões náuticas e do direcionamento dos astros na viagem de Cabral
  • Relação (diário) do piloto anônimo: considerado um diário de viagem, traz uma descrição da terra e das pessoas encontradas; sua autoria é desconhecida; o interessante desse diário é que ele registra outras viagens de Cabral, posteriores à sua passagem pelo Brasil

QUINHENTISMO BRASILEIRO

  • As cartas não foram escritas por brasileiros e muito menos eram dirigidas a um público brasileiro – por conta disso eram consideradas manifestações literárias
  • Apesar disso, as cartas constituem os primeiros registros sobre a terra brasileira e evidenciam os interesses e os discursos que circundavam nosso país, à medida que era apresentado ao cenário ocidental. Nada pode nos garantir que não existiu ficção nos escritos desses viajantes, como se estivessem engrandecendo os feitos e os achados de suas viagens

QUINHENTISMO: CARTAS CATEQUÉTICAS E JOÃO DE ANCHIETA

ENTRE A CRUZ E A ESPADA

  • Na carta de Pero Vaz de Caminha, é notória sua preocupação em disseminar a fé do conquistador, paralelamente à exploração da terra, e sua forma de organização social
  • A ideia de que os indígenas eram povos bárbaros contribuiu para que justificassem o início das missões jesuítas

LITERATURA CATEQUÉTICA

  • As cartas e os relatos escritos pelos jesuítas resultaram em uma vasta literatura produzida no Brasil
  • Os padres jesuítas resolveram apropriar-se da cultura dos indígenas e traduzi-las para uma experimentação cristã da noção de divindade, direcionando o olhar indígena para a cultura europeia

UM PADRE EM TERRAS TUPINIQUINS

  • ? O padre José de Anchieta se sobressai na literatura colonial catequética
  • ? O teatro de Anchieta era pedagógico, de fácil assimilação, de abordagem popular e com tema exclusivamente religioso
  • ? Sua obra se perpetuou como a primeira referência de lirismo de qualidade produzido no Brasil

 

Felipe Silva#0771

VEJA TAMBÉM

28/04/2022
Jogos comparativos
Jogos comparativosO precursor dos jogos cooperativos foi o educador americano Ted Lentz.