SISU

#O que Ă© o SISU

Sisu, o que é? E como se inscrever

O sonho de muitos dos estudantes brasileiros é sem dúvida ingressar em um curso de qualidade no ensino superior. Bem como o curso superior precisa, preferencialmente ser de qualidade, as instituições de ensino também precisam ser bem avaliadas e possuir avaliação positiva no SINAES (Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior).

Muitas dessas instituições de ensino são de caráter público, e é justamente para este tipo de instituição que o Sisu concentra os seus esforços. Se você realizou o ENEM (exame nacional do ensino médio) e pretende entrar em algum curso superior na universidade, saiba que obrigatoriamente você precisará do Sisu para ingressar nela.

Se quiser saber mais sobre o programa, segue aqui com a gente que vamos te explicar melhor do que se trata o Sisu e ainda detalhar todo o processo de inscrição no programa.

O que é o Sisu?

O Sisu ou ainda o Sistema de Seleção Unificada, é uma tentativa do Governo Federal por meio do MEC (Ministério da Educação) de facilitar e tornar ainda mais prático o processo de entrada em uma universidade.

O sistema é completamente informatizado, e nele estão dispostas integralmente as vagas que foram disponibilizadas em todas as instituições de ensino público do país no ano em questão. Para consultar quais são as vagas o aluno deve preencher o login com seu usuário e senha utilizados para a criação da conta no portal do ENEM, e a distribuição das vagas varia de acordo com a nota no exame em questão e com algumas questões como as distribuições das cotas.

Vale lembrar que para se inscrever no programa não é necessário qualquer tipo de pagamento, ou seja, a inscrição no programa é gratuita. A seleção é realizada nos dois semestres, uma vez no começo do ano e outra vez no meio do ano. Não possui um mês definido e ele pode variar de instituição para instituição, mas geralmente é nos meses de janeiro e fevereiro, e no meio do ano ocorre nos meses de julho e agosto.

Como funciona o Sisu?

No momento da inscrição o candidato tem a possibilidade de escolher até dois cursos, que podem ser de áreas completamente diferentes e alterados quantas vezes o candidato desejar, desde que esteja dentro do prazo de inscrições. Posteriormente o sistema irá exibir se o candidato foi aprovado em um ou nos dois cursos, facilitando assim a escolha do futuro aluno.

A distribuição das cotas é outro fator que varia de instituição para instituição. A grande maioria das instituições oferece um número de vagas reservado exclusivamente para o público que possui as cotas como um direito assegurado. Outras instituições ainda oferecem um número de vagas extra para os candidatos que possuem o direito de cotas assegurado.

A lei de cotas foi criada no dia 29 de agosto do ano de 2012 (lei nº 12.711), e assegura cotas por fatores como raça, e alguns tipos de deficiência. No entanto a lei não especifica de qual maneira deve ocorrer exatamente a distribuição dessas vagas reservadas aos cotistas.

No Sisu algumas matérias podem ter mais relevância para certos cursos, por isso o sistema não considera apenas a nota geral, mas também as notas nas independentes disciplinas. Isso é um ponto muito importante para deixar um pouco mais clara a maneira a distribuição das vagas por curso.

Além disso muitos cursos exigem uma nota mínima, então se o candidato não tiver obtido a nota mínima do curso que deseja fazer, será automaticamente eliminado do curso e para não desperdiçar a oportunidade é interessante ver a nota mínima dos seus cursos escolhidos para não queimar uma opção.

O Sisu ainda possui uma lista de espera onde quem ainda não conseguiu ingressar nos cursos para os quais se inscreveu, e deseja realmente ingressar no ensino superior, pode ainda se inscrever na lista de espera e dependendo da eliminação ou desistência de outros inscritos, tem ainda a chance de conseguir entrar.

Quem pode participar?

Para participar do Sisu o candidato deve ter realizado o ultimo ENEM e ter concluído integralmente o ensino médio. O candidato não pode ter obtido a nota zero na redação e nem em outra área da prova.

Atualmente podem participar alunos que cursara o ensino médio tanto em rede de ensino público quanto os alunos que estudaram em escolas particulares ou privadas.

Como se inscrever no Sisu?

O processo para a inscrição no Sisu é um dos mais simples de todos os programas de cunho educacional do Governo Federal. Primeiramente você deve ir até a página do Sisu (https://sisu.mec.gov.br/#/ ), então você deve clicar na opção que diz “fazer inscrição”, e clicar no botão verde que aparecerá na tela e está escrito “entrar com GOV.BR ou fazer cadastro”. Como já disse anteriormente, você poderá utilizar os seus dados de inscrição no ENEM.

Depois disso você precisa confirmar os seus dados pessoais dispostos na ficha de inscrição, como o número de seus documentos, telefone, e-mail e outros. Assim o Sistema entrará em contato com você após a divulgação e liberação dos resultados definitivos. Após os dados serem confirmados e tudo ocorrer bem, você poderá começar a realizar sua inscrição nos cursos desejados

Sendo assim abrirá uma tela com duas opções de escolha. Para iniciar o processo você tem que clicar na frase “fazer inscrição na 1ª opção”, onde você escolherá a sua alternativa primária de curso superior. Para realizar a consulta ou uma busca pelas vagas disponíveis você pode começar indicando o nome da instituição ou ainda a sua localização, podendo escolher a cidade ou o estado, ou ainda poderá escolher pelo nome do curso.

Assim que você encontrar algum que te agrade basta clicar nele que automaticamente abrirão mais informações sobre o curso. Nestas informações complementares estão informações como o turno de disponibilidade, as modalidades e ainda outros detalhes mais específicos, como notas médias e posição do curso e da instituição no SINAES, que leva em conta todas as universidades a nível nacional.

Para concluir com a escolha dos cursos você deve clicar em “escolher esta modalidade” (obviamente após ler atentamente as informações relacionadas). E depois clicar em “confirmar a minha inscrição”.

Posteriormente serão colocadas no site outras informações como a sua classificação para o curso escolhido e os documentos exigidos, por exemplo.

 

Saiba mais:

Site SISU

Veja também:

Tudo sobre o Fies
Tudo sobre o Prouni